in

Caso Ronaldinho: longo castigo do craque é divulgado: ‘até setembro’

G1
Publicidade

Ronaldinho é um dos maiores craques do futebol mundial neste século. Revelado pelo Grêmio no final dos anos 2000, o jogador brilhou no Barcelona e foi eleito duas vezes o melhor jogador do mundo, em 2004 e 2005. Em 2002, Ronaldinho conquistou a Copa do Mundo pela seleção brasileira.

O jogador conquistou a Champions League de 2006 pelo Barça e também venceu a Copa Libertadores de 2013 pelo Atlético-MG. Esta trinca de títulos é para fazer inveja em qualquer jogador do futebol mundial. Nomes como Ronaldo Fenômeno e Romário, por exemplo, passaram longe disso.

Publicidade

Ronaldinho está preso no Paraguai

No dia 4 de março, Ronaldinho e seu irmão Assis foram detidos com cédulas de identidade e documentos falsos no Paraguai. No dia 6 de março, os dois foram encaminhados para a Agrupación Especializada, um presídio de segurança máxima de Assunção.

Na terça-feira (7), Ronaldinho e Assis deixaram a prisão e foram encaminhados para a prisão domiciliar. Eles estão em um hotel, acompanhados pela polícia, conforme determinação do Ministério Público do Paraguai. A decisão de enviá-los para o regime domiciliar foi do juiz Gustavo Amarilla.

Publicidade

Investigação do caso Ronaldinho pode ir até setembro

Ronaldinho e Assis pagaram cerca de R$ 8 milhões para serem encaminhados para a prisão domiciliar. O dinheiro foi depositado na conta do Banco do Fomento do Paraguai. A investigação do Ministério Público segue sendo realizada e há expectativa que dure até setembro. Havia indícios de lavagem de dinheiro no caso. Até setembro não se sabe o que acontecerá com Ronaldinho. A defesa trabalhe para que ele e Assis sejam liberados para retornar ao Brasil.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Libertadores 2020 pode ser cancelada em definitivo por causa do coronavírus

Flamengo perto de perder craque para rival