in

Brasileirão: CBF planeja jogos sem torcida, com todos as partidas em SP e mata-mata

Lucas Figueiredo / CBF
Publicidade

A pandemia causada pelo novo coronavírus tem mexido com o futebol brasileiro. No momento, a competição está paralisada e não se sabe quando os jogos começarão a ser disputados. Inicialmente, o Brasileirão 2020 estava previso para começar em maio, mas isso não deve acontecer. Há muitas dúvidas sobre a competição e uma informação bombástica foi divulgada.

O colunista Flávio Ricco, do UOL, postou algumas informações sobre o torneio e chamou a atenção. Caso se confirmem as alterações, o Brasileirão de 2020 ficará marcado como um dos torneios mais diferentes dos últimos. Desde 2003, o torneio é disputado no sistema de pontos corridos.

CBF tem proposta na mesa para o Brasileirão 2020

De acordo com Flávio Ricco, o Campeonato Brasileiro de 2020 seria disputado a partir de maio. Todas as partidas seriam realizadas no estado de São Paulo. Para isso, estádios como Allianz Parque, Arena Corinthians, Morumbi, Vila Belmiro, Brinco de Ouro e outros seriam utilizados como sedes. Com exceção dos estádios da capital, um esquema parecido com o da Copa São Paulo de Futebol Jr.

Publicidade

Os clubes seriam divididos em dois grupos com dez equipes em cada um deles. Quatro de cada grupo se classificariam para o mata-mata. quartas de final, semifinal e final seriam disputados. As partidas não teriam a presença dos torcedores. A Globo exibiria os jogos de quarta e domingo, como já acontece.

Publicidade

Flamengo não quer torneio assim

Caso o Brasileirão disputado dessa forma, o torneio será bem menor, com menos partidas. Além disso, o fato de ser sem torcida afeta a receita dos clubes com bilheteria. A diretoria do Flamengo teria se posicionado contra. Resta saber o que vai acontecer nos próximos dias e qual o posicionamento da Globo diante de tudo isso.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Ronaldinho deixa prisão, mas sofre duro castigo que nem poderia imaginar

Santos na corrida por estrela internacional