in

PSG silencia o Barcelona: vendem Neymar em troca por ele

Don Balón
Publicidade

O Barcelona poderia ser um dos times mais afetados com essa crise do novo coronavírus. Não diretamente, até porque, até o momento, parece que todos os jogadores e suas famílias estão se mantendo saudáveis, mas essa pandemia está ferindo até os times maiores, como é o caso do Barça. O time catalão já até precisou cortar os salários de seus jogadores em mais de 70%, para a sobrevivência do time.

Neymar mais longe do Barcelona

Então, nesse momento, a possibilidade do time conseguir a contratação de um craque como Neymar Jr parece cada vez mais improvável. Não é que o jogador brasileiro não faça falta no Barça, mas porque muito dificilmente os catalães conseguiriam convencer o PSG para negociar sua maior estrela. Aparentemente, nesse momento, o Barcelona não teria argumentos para assinar o astro brasileiro, de 28 anos de idade

Claro que a chegada de Neymar no Barça iria animar muito o elenco, especialmente a jogadores como Lionel MessiLuis Suárez ou Gerard Piqué. Ainda assim, as coisas estariam bem complicadas, de acordo com o site Don Balón. Aliás, em Paris, parece que eles só aceitariam negociar Neymar em uma troca bem especial. 

Publicidade

Troca por Messi improvável

Então, segundo o Don Balón, Nasser Al Khelaifi e Leonardo não colocariam de parte a possibilidade de eles negociarem Neymar. Eles poderiam fazer isso, mas em uma negociação que fosse favorável e lucrativa para o PSG. Ou seja, o brasileiro sairia do time por um valor em redor dos 220 milhões de euros que eles pagaram por ele em 2017. Porém, eles até contemplariam uma troca na operação, se o Barcelona oferecesse Lionel Messi por Neymar. 

Publicidade

Jogador por jogador seria a negociação possível para os de Paris. O Barcelona daria sua maior estrela e, na troca, receberia a maior estrela do PSG. Claro que essa operação é pouco provável. Muitos acreditariam que se Josep María Bartomeu se desfizesse do maior craque da história do Barça seria sua ‘morte’.

O presidente acabaria perdendo todos os apoios no clube e as coisas já nem estariam tão fáceis assim para ele, com uma crise interna muito falada na diretoria do Barça. Certo é que com essa proposta, o PSG mostra que Neymar é, no momento, insubstituível para o time e dificilmente o brasileiro sairá esse ano para Barcelona.

Após transmissão da Copa de 2002, Globo acerta direitos para transmitir final de 70

O plano do goleiro Bruno Fernandes no futebol: ‘Europa em um ano’