in

Flamengo: presidente Rodolfo Landim define data para volta aos treinos

Divulgação Flamengo
Publicidade

O futebol brasileiro está paralisado devido à pandemia causada pelo novo coronavírus. No momento, muitas equipes aproveitaram para adiantar as férias de jogadores. O momento é bastante difícil para todos. Os jogos não estão sendo disputados desde o mês passado. As últimas partidas a serem jogadas tiveram portões fechados, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O Flamengo deu treino aos jogadores até o próximo dia 20. A cidade do Rio de Janeiro é dos grandes focos do coronavírus no Brasil e há preocupação por parte das autoridades em relação a isso. O maior medo é que o sistema de saúde entre em colapso.

Presidente do Flamengo define data de volta aos treinos

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, surpreende ao falar sobre uma provável data de retorno dos treinamentos. A informação foi veiculada pelo jornalista Venê Casagrande, no Youtube. A posição de Landim pode gerar polêmicas. Na Itália, por exemplo, a diretoria do Napoli foi criticada por anunciar volta aos treinos.

Publicidade

Segundo Landim, houve conversas com vários clubes da Europa e todo o processo de retorno foi detalhado. “E já temos tudo isto planejado para iniciar a partir do dia 21 de abril”, afirmou o mandatário do Rubro-negro. Nenhum outro dirigente fala abertamente sobre retorno do futebol.

Publicidade

Landim planeja volta breve ao futebol

O presidente do Flamengo tem o objetivo de retornar os trabalhos no dia 21 de abril. A partir daí, os atletas teriam 15 dias para entrarem forma novamente. Landim colocou os médicos do Flamengo à disposição dos demais clubes da Série A para compartilhar a programação que prevê duas semanas para entrar em forma e volta dos jogos em maio.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Palmeiras de luto após morte causada pelo coronavírus

Árbitros de SP ficam seu auxílio da FPF, e entidade reclama de ex-bandeirinha Ana Paula