in

Santos: auxiliar de Sampaoli cobra valor milionário na Justiça, e decisão é anunciada

Reprodução TV Sevilla
Publicidade

Jorge Sampaoli deixou o Santos, mas seu nome deve continuar sendo comentado nos bastidores do clube da Vila Belmiro. O treinador argentino saiu do Peixe no ano passado. A relação entre ele e o presidente José Carlos Peres não era das melhores e Sampaoli exigia reforços para renovar com o Santos. Em má situação financeira, o clube não pode fazer o que treinador pedia.

Sampaoli deixou o Santos e atualmente treina o Atlético-MG. Após a saída do treinador, houve desacordos e confusões entre as partes. Sampaoli chegou a alegar que havia sido demitido pelo Peixe, o que resultaria em pagamento de multa, enquanto a direção do Santos garantia que ele tinha pedido demissão.

Preparador físico processa o Santos

Pablo Fernandez, preparador físico do Santos e amigo de Sampaoli, processou o time paulista após deixar a equipe. No processo, a defesa de Pablo pedia R$ 1.603.192,50 pela rescisão indireta do vínculo empregatício. Neste valor, constavam vários itens: aviso prévio indenizado, férias proporcionais + 1/3, 13º salário proporcional, multa, saldo de salário, e FGTS + 40%.

Publicidade

O Santos se justificou no processo e o juiz Athanasios julgou o caso com base nos argumentos apresentados pelas duas partes. Antes de Pablo, Jorge Desio, auxiliar de Sampaoli, também havia processado o time da Vila Belmrio.

Publicidade

Pablo Fernandez perde ação contra o Santos

O ex-preparador físico do Santos, hoje no Atlético-MG, foi derrotado na Justiça. “Nesse passo, concluo que a ruptura do contrato de trabalho deu-se por iniciativa do autor, situação que corresponde ao pedido de demissão”, afirmou o juiz, ao dar ganhou de causa para o Santos na primeira instância. Cabe recurso.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Atlético-MG: Dudamel continua ligado ao Galo por um motivo jurídico

Palmeiras de luto após morte causada pelo coronavírus