in

Neymar aceita redução salarial no PSG e vai receber ‘só’ R$ 7 milhões por mês

Getty Images
Publicidade

Neymar tem um dos salários mais altos do futebol mundial. As informações divulgadas pela imprensa no mês passado eram de que o craque do PSG recebe R$ 14,1 milhões por mês. Em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus, os clubes de todo o mundo estão conversando com seus atletas para diminuir o salário neste período.

Os clubes contabilizam perdas por não estarem disputando partidas. No PSG, por exemplo, o prejuízo será de 300 milhões de euros – equivalente a R$ 1,7 bilhão. O time francês está disputando a Champions League e é líder da Ligue 1, o campeonato nacional da França.

Estrelas do PSG aceitam diminuir salário

De acordo com o jornal Le Parisien, nesta quinta-feira (9), os jogadores do PSG estaria dispostos a diminuírem o salário neste momento. Segundo a publicação, o corte salarial varia de acordo com o salário recebido pelo atleta. É uma forma de fazer com que aqueles que ganham menos não tenham uma perda tão grande.

Publicidade

Quem recebe 100 mil euros ou mais por mês, caso da grande maioria do elenco do PSG, o desconto seria de 50%. Quem recebe entre 50 mil euros até 100 mil, o corte seria de 40%. A faixa inferior começa em 20 mil euros e teria 30% de desconto. O quarto grupo seria dos que ganham entre 10 mil e 20 mil euros e teria desconto de 20%. Por fim, os que recebem menos que 10 mil euros não teria desconto.

Publicidade

Neymar tem maior salário do PSG

Neymar recebe R$ 14,1 milhões por mês. Mbappé ganha R$ 8,9 milhões. Já Cavani tem vencimentos na casa dos R$ 6,1 milhões. Os brasileiros Thiago Silva e Marquinhos recebem R$ 7 milhões e R$ 5,9 milhões, respectivamente.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Fred no Fluminense? Presidente diz o que falta para fechar com centroavante

Corinthians: Tiago Nunes perdeu o grupo do Timão?; ‘pegou muito mal’