in

Coronavírus: ex-craque do Santos e do Cruzeiro perde pai e avô com suspeita de Covid-19

Twitter Universidad de Chile
Publicidade

O mundo está voltado para o combate à pandemia causada pelo novo coronavírus e a situação não é nada fácil. O esporte tem sido muito afetado pelo vírus que se disseminou a partir da China e alcançou praticamente todos os países. Até o momento, há mais de 80 mil mortes causadas pela doença. 

As competições esportivas estão suspensas e ainda não há previsão de quando os torneios estaduais aqui no Brasil e outras competições mundo a fora, como a Copa Libertadores da América e a Champions League, voltarão a ter partidas. O mundo do futebol também tem contabilizado mortes.

Morrem pai e avô de Montillo

Walter Montillo é conhecido pelo futebol brasileiro e vive um duplo luto em meio à pandemia. Nesta terça-feira (7), morreu o pai do meia, Walter Óscar Montillo, de 60 anos. A suspeita é que ele tenha contraído o coronavírus e não resistiu. O homem integrava o grupo de risco e estava internado desde o último sábado em um hospital na Argentina. Ele apresentava problemas respiratórios.

Publicidade

A confirmação de que ele morreu em decorrência da Covid-19 deve sair nos próximos dias. Avô de Montillo, Óscar, de 91 anos, havia falecido dias antes também com sintomas da Covid-19. A Universidad de Chile, clube atual de Montillo, e o Cruzeiro, uma das equipes que ele defendeu no Brasil, se manifestaram.

Publicidade

Montillo defendeu três equipes no Brasil

O meia chileno Walter Montillo, de 35 anos, jogou em três equipes brasileiras. Entre 2010 e 2012, defendeu o Cruzeiro, depois de brilhar na Universidad de Chile. Em seguida, transferiu-se para o Santos, onde atuou entre 2013 e 2014. Em 2017, o meia defendeu o Botafogo.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Corinthians: Boselli aponta culpados pela má fase e não poupa ninguém: ‘diretoria também’

Caso Ronaldinho: o hotel onde o ex-craque vai cumprir prisão domiciliar é demais; fotos