in

Goleiro Bruno e o polêmico empresário por trás de sua volta ao futebol

G1
Publicidade

O goleiro Bruno está próximo de voltar ao futebol. O ex-jogador do Flamengo, aos 35 anos, está em regime de prisão domiciliar e tem autorização da Justiça para voltar a praticar o esporte profissionalmente. O problema, para ele, é que ninguém o quer em suas equipes. Ou melhor, queria.

Bruno usou as redes sociais para anunciar que foi contratado por um clube-empresa chamado J. Winners, que tem base na Europa e um CEO brasileiro: Jaime Marcelo Conceição. Ele foi apresentado a ao goleiro Bruno pela advogada Gislaine Nunes, que faz a defesa do ex-jogador do Fla.

Empresário de Bruno acumula polêmicas

Jaime Marcelo Conceição afirmou que está acostumado com repercussões negativas. A fala do empresário tem uma explicação. Ele tem um longo histórico de polêmica no MMA. Em 2012, Jaime foi alvo de investigação por parte de fãs e outros lutadores de MMA após ser derrotado no Jungle Fight 39, disputado no Rio de Janeiro, e notificar que tinha 135 com 134 vitórias em seu cartel.

Publicidade

Jaime foi execrado e se afastou da luta. O cartel foi atualizado em seu site para 32 vitórias em 34 combates. Atualmente, o ex-lutador afirma que faz a gestão de um clube da terceira divisão de Luxemburgo e administra a carreira de jogadores e treinadores de equipes pequenas do Brasil.

Publicidade

Jaime quer Bruno de volta ao futebol

Em entrevista, Jaime falou sobre o retorno do goleiro Bruno ao futebol. “Conversando com o Bruno eu identifiquei nele, sim, a possibilidade de ser colocado novamente no mercado”, afirmou o empresário, que vai colocar o ex-goleiro do Flamengo em um time da segunda divisão do Rio de Janeiro. O nome da equipe é mantida em sigilo.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Saiba como Ronaldinho chegava para os treinos no Atlético-MG e o que ele gostava de comer

Jorge Jesus e a revelação surpreendente: ‘Gostaria de treinar o Porto’