in

Flamengo e Jorge Jesus sem acordo: entenda qual é o problema

Público
Publicidade

Com todo o futebol brasileiro paralisado, a diretoria do Flamengo e Roberto Landim têm um problema sério. É que Jorge Jesus termina seu contrato em maio desse ano e as partes continuam longe de um acordo. Ainda para mais, o treinador português deixou o Rio de Janeiro e preferiu fazer esse distanciamento social, junto de sua família, em Portugal. Então, enquanto esse surto do coronavírus não dá tréguas, o treinador, de 65 anos de idade, poderia ficar em seu país, o que estaria dificultando mais ainda as negociações. 

Valores pedidos por Jorge Jesus dificultam acordo

O treinador revolucionou o futebol do Flamengo, desde que ele chegou no Brasil. Jorge Jesus vem sendo apontado como o maior responsável por todas essas conquistas do Mengão e, no time, todos querem sua continuidade. Porém, Jorge Jesus também só tem elogios para o time e sua torcida, mas as negociações estariam meio complicadas. 

Recentemente, Jorge Jesus falou que não estava mais com um representante e que ele mesmo iria resolver seus futuros contratos, juntamente com seus advogados. Claro que a distância pode dificultar as negociações, mas esse não seria problema único nesse momento para o Flamengo. 

Publicidade

O clube quer muito a continuidade do treinador português, mas o problema é o salário que Jesus estaria exigindo para seguir liderando o time carioca. Jorge Jesus estaria pedindo um aumento superior a 50% de seu salário e dos prêmios por vitórias, elevando para valores incomportáveis para o Flamengo, aparentemente. 

Publicidade

Landim quer muito a continuidade de Jorge Jesus

No Flamengo, eles sabem bem da importância de Jorge Jesus para o time. O problema é que os valores pedidos pelo treinador estariam bem fora do orçamento. Ainda para mais, quando não se sabe bem como vai ficar o futebol após toda essa crise provocada pelo novo coronavírus. “Jesus tem o direito de pedir o quanto ele quiser, mas o Flamengo acredita que, nas nossas conversações, vamos chegar a um denominador comum”, contou o presidente, em declarações para a FOX Sports Rádio. 

Entretanto, Jorge Jesus continua recebendo todo o carinho e elogio dos brasileiros. Os torcedores amam o treinador e até o presidente Rodolfo Landim falou sobre a importância que o Mister português está tendo no time. Em declarações para a FOX Sports Rádio, o presidente flamenguista falou que Jesus está para o Flamengo como Messi está para o Barcelona, em uma comparação bem carinhosa. “Para mim é quase um Messi, eu diria, para nós, rubro-negros, é um Messi entre os treinadores do mundo. O Flamengo não pode ter o Messi, adoraria, mas não tem condições”, contou Landim.   

Publicidade
Next post

Juventus quer reforço brasileiro junto de CR7 no ataque

Caso Ronaldinho: Sergio Moro entra em ação e ligação para o Paraguai é revelada