in

Ronaldinho e o drama na prisão: mais 15 dias ou mais 10 anos

G1
Publicidade

Ronaldinho Gaúcho construiu uma das carreiras mais bonitas do futebol mundial, neste século. Depois de brilhar no Grêmio, no fim dos anos 1990, o jogador ganhou chance na seleção brasileira e se firmou na equipe montada para a Copa do Mundo de 2002. O Brasil foi campeão.

Do Grêmio, Ronaldinho foi para o PSG e de lá saltou para o Barcelona – Neymar faria o caminho muitos anos depois. No Barça, o craque conquistou Campeonato Espanhol e a Champions League. Brilhou, tornou-se ídolo e jogou também a Copa do Mundo de 2006. Poderia ter jogado mais.

Publicidade

Ainda na Europa, Ronaldinho jogou no Milan. Na volta ao Brasil, foi contratado pelo Flamengo. De lá, migrou para o Atlético-MG e foi novamente feliz na carreira. Em 2013, conquistou a Copa Libertadores da América pelo Galo e tornou-se ídolo da torcida.

Ronaldinho mais 15 dias na cadeia?

O ex-craque do futebol está preso no Paraguai, ao lado do irmão, Roberto Assis. O advogado Sergio Queiroz, em entrevista ao jornal O Estado de Minas, afirmou que tinha a expectativa de que os irmãos fossem soltos em 15 dias, a partir de segunda-feira (23). O Ministério Público do Paraguai segue investigando o caso. 

Publicidade

Situação de Ronaldinho e Assis é complicada

As investigações do MP não são detalhadas e expostas, mas o que se sabe é que está debruçada em um possível esquema de lavagem de dinheiro. Neste caso, a pena varia de três a dez anos, conforme explicado pelo advogado Acácio Miranda, especialista em Direito Penal Internacional. em entrevista ao programa esportivo Mesa Redonda, ele afirmou que a situação de Ronaldinho e Assis não é fácil.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Barcelona ignora Messi e astro brasileiro não vai mais regressar

Corinthians: Tiago Nunes ganha dois reforços para o restante da temporada