in

Jogador brasileiro passa muito mal com o coronavírus e revela medo

Twitter/ Flavio Kavalo
Publicidade

Jonathas de Jesus foi o primeiro jogador brasileiro a ficar infetado com o coronavírus. O brasileiro está jogando no Elche, da segunda divisão da Espanha, que entretanto foi cancelada, como vários outros eventos esportivos. A Espanha está sendo um dos países mais afetados com esse vírus perigoso e o atacante brasileiro, formado no Cruzeiro, foi um dos primeiros esportistas testando positivo para o Covid-19.

Jonathas sentiu muito o coronavírus 

Nas últimas 24 horas, 462 pessoas perderam suas vidas na Espanha, por coronavírus, provando como essa doença é difícil de combater. E Jonathas, que está recuperando em sua casa, revelou que o vírus é realmente muito difícil, mesmo para um jovem saudável quanto ele.  

Publicidade

Nas últimas semanas, vem se falando muito sobre esse vírus e de como ele é potencialmente mais perigoso em idosos e pessoas com outras doenças. Aliás, é isso que mostram os números, com mais mortes nesses grupos. Porém, isso não significa que todos os jovens vão passar bem por esse vírus, nem tão pouco que todos os idosos vão sofrer se contraindo essa doença.  

A verdade é que nada prova como o vírus vai atuar em cada corpo. Então, existem sintomas mais sentidos e também pessoas que quase não sentem nada, durante toda a doença. Por exemplo, Matuidi, jogador da Juventus, falou que não estava sentindo mau estar algum, um relato totalmente oposto o de Jonathas, que falou que passou muito mal com o coronavírus.  

Publicidade

Jogador deixa um aviso para o Brasil 

O atacante do Elche é jovem, tem apenas 31 anos de idade, um esportista saudável, mas ainda assim, o vírus afetou ele muito. Em declarações recentes, o jogador falou que, antes do teste, ele estava sentindo uma dor de cabeça muito forte, como uma enxaqueca e um mal-estar generalizado. Depois, ele testou positivo para o Covid-19, mas antes, o jogador já estava tendo todos os sintomas, que seriam mais comuns no coronavírus: febre, mal estar, dor de cabeça e fraqueza.  


“Não conseguia treinar, o meu corpo estava fraco, principalmente nos três primeiros dias. Não tinha forças para nada. Esse vírus não é brincadeira”
, revelou Jonathas, que entretanto, já está fazendo alguns exercícios, mas em sua casa. No momento, Jonathas acredita que o pior já passou, mas continua pedindo para todos ficarem isolados, se protegendo. Até porque se isso foi assim ruim para ele, o jogador teme muito pelo que poderá acontecer com pessoas mais velhas. “Por isso temos de pensar muito aí no Brasil, porque algumas pessoas não estão tendo a noção da gravidade desse vírus”, alertou Jonathas de Jesus. 

Publicidade
Next post

“Ronaldinho” aparece em ação do Ministério da Saúde contra o coronavírus e viraliza

Brasileiro muito perto do Barcelona; e não é Neymar Junior