in

Futebol: lista dos melhores do ano antes do coronavírus causa debate

Goal
Publicidade

As principais ligas de futebol na Europa estão suspensas tem já algum tempo. O coronavírus fez o impensável e, pouco a pouco, está parando todo o mundo. Essa doença se propaga facilmente e, por essa razão, os especialistas acreditam que, no momento, a única solução é prevenção. Ainda sem cura para o Covid-19, o melhor é evitar essa doença, se resguardando o máximo possível e ficando em casa.

Os melhores até o futebol parar

Com saudades de futebol, a mídia esportiva vai tentando dar algum conteúdo para seus leitores. Afinal, são milhares as pessoas que, ficando em casa, sem trabalho ou escola, não têm muito que fazer. Agora, o jornal italiano Gazzetta Dello Sport aproveitou essa paragem para escolher os melhores do futebol, até o momento.

Ou seja, antes do coronavírus parar os campeonatos, esses onze jogadores estariam sendo os melhores, de acordo com o jornal italiano. Porém, a lista tem algumas ausências e alguns são até mesmo meio surpreendentes. Tem mesmo quem esteja criticando muito essas escolhas, mas certo é que essa matéria está dando que falar. 

Publicidade

Melhor ‘onze’ da temporada

Então, de acordo com a Gazzetta Dello Sport, os melhores da temporada antes dessa paragem, estavam sendo o goleiro Jan Oblak, os defensores Alexander-Arnold, Van Dijk, o brasileiro Marquinhos e Alphonso Davies. No meio campo, eles escolheram Kevin de Bruyne, Konrad Laimer e Saul Ñíguez. Finalmente, no ataque, certamente o mais debatido, para Lionel Messi, Kylian Mbappé e Erling Haaland.

Publicidade

Portanto, faltam aqui alguns nomes, que muitas pessoas não estão entendendo. Por exemplo, falta Neymar Junior que, para muitos, estava fazendo uma temporada melhor que Mbappé, que entra na lista. Outra das maiores ausências pode ser Cristiano Ronaldo, que vem fazendo uma boa temporada, com muitos gols. Com mais gols ainda, vem Ciro Immobile, da Lázio de Roma, que estava liderando a corrida da Bota de Ouro, de melhor artilheiro da Europa. Também Lewandowski, o artilheiro do Bayern de Munique, foi lembrado como uma das maiores ausências 

Publicidade
Next post

Flamengo abriu conversas por Daniel Alves e diretor do São Paulo revela medo de perder o jogador

São Paulo perto de perder uma de suas maiores joias; e é para um grande