in

Flamengo abriu conversas por Daniel Alves e diretor do São Paulo revela medo de perder o jogador

Reprodução | YouTube/Canal Netão
Publicidade

Antes de chegar ao São Paulo, Daniel Alves se viu diante de ofertas tentadoras para atuar em um dos rivais do futebol brasileiro, o todo poderoso Flamengo. As revelações foram feitas pelo gerente-executivo do Tricolor Imortal Alexandre Pássaro, em entrevista concedida para o programa Bola da Vez dos canais ESPN. Na conversa, o cartola expôs os detalhes relativos à aquisição do lateral/meia.

Flamengo tentou atropelar São Paulo por Daniel Alves

Na época do ainda interesse Tricolor em Daniel Alves, Alexandre recorda de uma visita feita por ele e Raí até a casa do jogador, localizada na região de Alphaville, na capital paulista. Os dirigentes chegaram pela manhã e ficaram praticamente todo o dia conversando com a estrela do futebol brasileiro.

Publicidade

Depois deste episódio, as coisas pareciam estar certas para a transferência de Daniel Alves, até que surgiu um rival na disputa, causando um iminente temor de que o sucesso esperado pudesse estar indo por água abaixo.

“Por interesse de outros clubes, principalmente o Flamengo. Na quarta, o Flamengo jogou com o Emelec, classificou nos pênaltis na Libertadores. Tiveram ligações para empresário, etc e tal. Estávamos com a expectativa baixa… Mas a noite se confirmou e conseguimos essa grande contração para o São Paulo e o futebol brasileiro”, explicou Alexandre Passarinho, recordando dos entraves pela badalada negociação com Daniel Alves.

Publicidade

SPFC se saiu melhor na transação

Embora a confiança pela chegada de Daniel Alves tenha ficado abalada com a notícia de que o Flamengo também havia entrado na disputa, o atleta acabou optando pelo São Paulo, por vontade própria, após sua saída do Paris Saint-Germain. Vários outros clubes também entraram na briga pelo atleta, cuja carreira vitoriosa o acompanhou ao longo de toda a passagem pela Europa.

lincoln flamengo

Atualmente, Daniel Alves é um dos homens de confiança do técnico Fernando Diniz. Apesar de algumas quedas de rendimento com a sua chegada, o meia acabou se firmando e está bastante habituado e adaptado ao modo de jogar do futebol brasileiro, rendendo esperança para os torcedores tricolores.

Publicidade
Avatar

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Next post

De saída? A última de Neymar no PSG que pode movimentar o mercado da bola

Futebol: lista dos melhores do ano antes do coronavírus causa debate