in

Ronaldinho recebe mais uma notícia ruim na prisão e tem a ver com Sergio Moro

G1
Publicidade

O ministro Sergio Moro viajaria para o Paraguai e estaria em Assunção nos dias 26 e 27 de março. O ministro da Justiça e Segurança Pública se reuniria com a ministra da segurança do Paraguai, Cecilia Pérez. O tema da discussão seria o crime organizado que confronta os dois países. 

A defesa de Ronaldinho aproveitaria o momento para pedir a Moro que intercedesse a favor de Ronaldinho junto à Justiça do Paraguai. Ronaldinho foi um dos famosos que apoiaram o presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2018.

Publicidade

Ronaldinho segue preso no Paraguai

Ex-craque do Barcelona e da seleção brasileira, Ronaldinho está preso em Assunção, capital do Paraguai, junto com seu irmão, Roberto Assis. Os dois foram detidos com cédulas de identidade e passaportes falsos e estão presos desde o dia 6 de março.

Na prisão, Ronaldinho conquistou um campeonato interno e marcou seis gols na grande final. O jogador estaria reclamando do tempo em que está preso. Sua defesa tenta de todas as formas fazer com a prisão seja transferida para prisão domiciliar. Atualmente, ele está na Agrupação Especializada, presídio de segurança máxima.

Publicidade

Moro cancela viagem ao Paraguai

Devido à crise do coronavírus, Sergio Moro cancelou a viagem para o Paraguai e não poderá mais ser contatado pela defesa de Ronaldinho no país. De acordo com o jornalista Cosme Rimoli, do R7, o encontro, se ocorresse, seria incomodo para Moro. O cancelamento da viagem caiu como uma luva para o ministro do governo Bolsonaro. uma nova viagem deve ser marcada apenas após o fim da pandemia.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Ronaldo Fenômeno vira alvo durante pandemia de coronavírus por algo que disse no passado

Empresário de Tetê e Ferreira causa problemas ao Grêmio e desabafa sobre o clube