in

Já vai Tiago Nunes? Mano Menezes agrada Andrés Sanchez e ganha força no Corinthians

Divulgação Corinthians / Divulgação Cruzeiro
Publicidade

Tiago Nunes chegou ao Corinthians no fim do ano passado e nem mesmo o mais pessimista torcedor do Timão poderia imaginar um começo de ano tão ruim sob o comando do ex-treinador do Athletico-PR. O Timão vive um mau momento no Campeonato Paulista e foi eliminado na Pré-Libertadores.

No torneio sul-americano, o Corinthians perdeu para o Guaraní, do Paraguai, por 1 a 0 no jogo de volta e venceu na Arena de Itaquera, por 2 a 1. Por causa do gol marcado fora de casa, o Timão acabou eliminado no torneio. No Paulistão, a equipe está na terceira posição de seu grupo, a cinco pontos do vice-líder Guarani. O torneio está paralisado devido ao coronavírus.

Tiago Nunes de saída

Com apenas 38% de aproveitamento na temporada, Tiago Nunes começou a balançar no cargo. O treinador do Timão vive um momento ruim e não é mais unanimidade entre a diretoria do Corinthians, de acordo com informações do Globo Esporte.

Publicidade

Mano Menezes é o preferido de Andrés Sanchez

O treinador Tiago Nunes corre o risco de ser demitido do Corinthians, embora neste momento a diretoria não deva demiti-lo. Mano Menezes é um nome que agrada a Andrés Sanchez. O treinador está desempregado desde que deixou o Palmeiras, no ano passado.

Publicidade

Mano é muito querido por Andrés, entre outros motivos, porque trocou o Grêmio, na primeira divisão, pelo Corinthians, na segunda dvisão, em 2008. Sob o comando de Mano, o Timão voltou para a Série A do Brasileirão e conquistou, em 2009, o Paulistão e a Copa do Brasil. Mano passou Corinthians também em 2014, mas não conquistou títulos naquele ano.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Mercado da bola: São Paulo pode faturar R$ 25 milhões com venda de joia para o Barcelona

Fábio Carille segue ligado ao Corinthians e comenta decisão polêmica de Tiago Nunes