in

Grêmio projeta perder até R$ 25 milhões por causa do coronavírus

Divulgação Grêmio
Publicidade

A crise provocada pelo novo coronavírus tem preocupado muita gente. A doença chegou com força ao Brasil e seis mortes foram confirmadas até o momento – quatro em São Paulo e duas no Rio de Janeiro. A crise chegou ao futebol com a paralisação de campeonatos e isso pode mexer nas finanças de muitos clubes.

Praticamente todos os campeonatos estaduais do Brasil estão suspensos, além das competições organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pela Conmebol. Sem jogar, os times não têm entrada de dinheiro por bilheteria e têm que continuar pagando seus funcionários normalmente.

Grêmio estima prejuízo milionário

O Grêmio é uma das equipes que estima um prejuízo muito alto devido à paralisação do futebol por causa da novo coronavírus. As perdas da equipe presidida por Romildo Bolzan Jr. e comandada em campo Renato Portaluppi devem ser muito grande, de acordo com as estimativas.

Publicidade

“Estimamos uma perda entre R$ 20 e 25 milhões nos próximos três meses, dependendo do cenário. Vamos ter que repactuar contratos com fornecedores e acordos já existentes”, afirmou Romildo bolzan. Cada partida como mandante na Libertadores rende 1 milhão de dólares, além da grana que entra com bilheteria.

Publicidade

Clubes devem perder dinheiro com sócios

Os clubes, incluindo neste grupo o Grêmio e o Inter, calculam que haverá inadimplência no pagamento dos sócios-torcedores devido à crise econômica. As cidades vão começar a fechar praticamente tudo, com exceção de farmácias e mercados, e muitos trabalhadores devem ter dificuldade em manter a renda.

Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Inter pode viver crise financeira por causa do coronavírus: ‘Situação dramática’

Philippe Coutinho e uma chamada que pode mudar tudo