in

Coronavírus continua fazendo baixas no esporte: todos os infetados

Maisfutebol
Publicidade

O coronavírus continua infectando todo o mundo. Tem casos de pessoas contaminadas em todos os continentes, quando já passa dos quatro milhares de mortos. Inicialmente, a China foi o caso mais preocupante, mas em um momento em que eles começam controlando a situação, o foco mais grave passou para a Europa, quando o número de casos continua subindo também no Brasil.

Coronavírus continua alarmando a todos

Porém, um pouco por todo o mundo, esse vírus, o Covid-19, continua mudando tudo. Em vários países da Europa, eles estão tomando medidas extremas, como o fechamento de fronteiras, escolas, lojas, empresas, o cancelamento de shows, eventos esportivos e tudo que implique que as pessoas fiquem perto umas das outras.

Mais do que ser um vírus muito perigoso e mortal, o problema é também que ele é muito contagioso, e é muito fácil de pegar esse vírus, só de estar próximo e aquele contato básico de mão, ou até de um beijo pode se revelar determinante para essa infeção. Então, o melhor é mesmo a prevenção e a recomendação passa por as pessoas ficarem dentro de suas casas, sempre que isso for possível.

Publicidade

No caso europeu mais grave de todos, na Itália, a quarentena está mesmo sendo obrigatória. É que já passa dos 1000 mortos, em poucos dias e o cenário se agrava de dia para dia.  Nas últimas 24 horas, aconteceram 250 mortes só na Itália, por coronavírus, e o caso parece não estar ainda acalmando. Com todo esse drama, os eventos esportivos, todos os campeonatos estão sendo cancelados. Não se sabe ainda por quanto tempo, mas quase todas as ligas europeias de futebol, como a NBA nos Estados Unidos, o tênis, está sendo tudo cancelado.  

Publicidade

Coronavírus no esporte mundial:

No momento, são vários os jogadores personalidades do esporte infetados, enquanto que muitos outros estão em quarentena ou isolados, debaixo de vigilância apertada. No momento, no futebol, são conhecidos os casos de Daniele Rugani, o zagueiro da Juventus. O companheiro de Cristiano Ronaldo testou positivo e todos seus comapnheiros estão isolados, mas sem sintomas ainda. 

Manolo Gabbiadini, Morten Thorsby, Antonino La Gumina, Albin Ekdal e Omar Colley, os cinco futebolistas da Sampdoria também acusaram. Ainda na Itália, Dusan Vlahovic, da Fiorentina., está também infetado.

Na Inglaterra, Callum Hudson-Odoi, futebolista do Chelsea, e o treinador do Arsenal, Mikel Arteta, estão também infetados, quando todos seus colegas estão isolados e aguardando resultados. No Hannover, testaram positivo para o Covid-19 os jogadores Timo Hubers e James Horn.

NA NBA, Rudy Gobert e Donovan Mitchell, os dois jogadores do Utah Jazz, também estão infetados, enquanto que no Real Madrid, o jogador de basquete Trey Thompkins também deu positivo. No ciclismo, três atletas da UAE Emirates testaram positivo: Maximiliano Richeze, Fernando Gaviria e Dmitry Strakhov.

Publicidade
Next post

Jorge Jesus não esconde: sonho está longe do Flamengo

Ronaldinho Gaúcho pode disputar torneio cujo prêmio é um leitão de 16 quilos