in

Cristiano Ronaldo: como o coronavírus está afetando o craque

Record
Publicidade

O coronavírus está mesmo afetando o mundo inteiro, mudando completamente a vida das pessoas. Essa quarta-feira foi decretada a pandemia, pela Organização Mundial de Saúde e o caso está se tornando mais dramático que nunca. Esse surto começou na China, ainda em 2019, mas está extrapolando para o mundo inteiro, ganhando contornos inesperados.  

Situação se agrava na Itália com o coronavírus

Agora que na China e um pouco por todo o continente asiático, a situação está acalmando, com a epidemia começando a ficar mais controlada, a preocupação maior é o que está acontecendo na Europa. No Brasil, está se prevendo que o pico da infeção por coronavírus possa acontecer dentro de um mês.

Porém, na Europa, a situação está descontrolada, especialmente na Itália, onde já morreram mais de 800 pessoas. Em 24 horas, morreram 196 pessoas infetadas por coronavírus. Uma situação sem precedente que está fazendo o governo tomar medidas surpreendentes. No momento, foi recomendado que todas as pessoas ficassem em casa, fechando escolas, empresas e lojas. Somente farmácias, hospitais e lojas de comida vão permanecer abertos nos próximos dias.  

Publicidade

Cristiano Ronaldo saiu da Itália

Com todas as suspensões, incluindo no esporte, com tudo parado, Cristiano Ronaldo aproveitou para ir embora para a Madeira, ilha portuguesa onde ele nasceu. O craque tem seu jatinho privado e uma casa de luxo na ilha. Então, ele foi visitar sua mãe, que sofreu um AVC esquêmico na semana passada e pegou na sua namorada, Georgina Rodríguez, e nos quatro filhos, se refugiando na Madeira.  

Publicidade

Ainda não se sabe quando o craque português vai precisar regressar em Turim, até porque a partida com o Lyon, para a Champions League, na semana que vem, não foi ainda cancelada. Talvez Ronaldo precise regressar nos treinamentos da Juventus, brevemente.

Porém, ele deve regressar sozinho na Itália, sendo que ele prefere ter sua mulher e seus quatro filhos protegidos na Madeira, onde não tem ainda nem um caso do vírus. Portugal tem já quase 60 casos com a doença, mas na ilha de Cristiano Ronaldo, continua tudo muito calmo e sua família deve ficar mais resguardada. Ainda assim, uma situação que está afetando claramente o jogador, de 35 anos de idade, por estar tudo descontrolado no país onde ele está jogando. 

Publicidade
Next post

Douglas, ex-Grêmio, continua no futebol e fecha com nova equipe para 2020

Torcida do São Paulo torce por recuperação de Tiago Volpi, após susto durante jogo