in

Corinthians confirma venda de Pedrinho por mais de R$ 100 milhões

Divulgação Corinthians
Publicidade

Agora é oficial! Pedrinho foi vendido ao Benfica, de Portugal. O anúncio foi feito pelo Corinthians nesta quarta-feira (11). O meia é um dos principais jogadores do elenco alvinegro e a maior revelação das categorias de base do clube nos últimos anos.

O Corinthians emitiu comunicado informando à torcida e à imprensa que Pedrinho havia sido vendido, após viajar para Portugal e realizar exames médicos. Os detalhes do negócio foram divulgados pelo Timão, com exceção do valor da negociação.

Pedrinho vai embora após o Paulistão

O meia Pedrinho vai deixar o Corinthians após o fim do Campeonato Paulista. O torneio pode acabar para o Corinthians no dia 1º de abril, quando enfrenta o Oeste pela última rodada da fase de grupos. O Timão é o quarto colocado do grupo e apenas os dois primeiros avançam às quartas de final.

Publicidade

Pedrinho já falou como jogador do Benfica em entrevista ao site oficial do clube lusitano. “É um passo muito importante. Sinto-me muito realizado por poder estar num grande clube. É uma grande oportunidade para mim, para poder mostrar o meu futebol, e só tenho a agradecer ao presidente pela oportunidade. Mostrar o meu talento é o que mais quero”, afirmou o jogador.

Publicidade

Corinthians fez negócio de mais de R$ 100 milhões

O Corinthians detinha 70% dos direitos econômicos do jogador e o vendeu por 20 milhões de euros, de acordo com o que foi divulgado pelo Benfica em seu site oficial. Este valor representa R$ 105 milhões na cotação atual. O Corinthians pode receber outros 2 milhões de euros por metas cumpridas pelo meia. No Benfica, Pedrinho assinou contrato e terá multa rescisória de 120 milhões de euros – equivalente a R$ 560 milhões. 

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Caso Ronaldinho: conversas no WhatsApp complicam ex-jogador e seu irmão

Coronavírus pode virar grande problema para Tite na seleção brasileira