in

De saída? Jogador do Cruzeiro pode trocar de clube: ‘xodó da torcida’

Reprodução/A Tribuna MT
Publicidade

O Cruzeiro surpreendeu recentemente ao anunciar o atacante Marcelo Moreno e, com o novo reforço já apresentado, outro jovem jogador perdeu ainda mais espaço. Vinícius Popó se tornou uma das últimas opções de Adilson Batista no elenco e raramente é acionado.

Vinícius Popó de saída?

O atacante Vinícius Popó, de apenas 19 anos, vinha sendo um dos principais destaques do Cruzeiro nas categorias de base e marcou inúmeros gols com a camisa celeste. O atleta é um dos xodós da torcida, no entanto, vem tendo poucas oportunidades e preocupa seu empresário.

“Do jeito que está, desvaloriza o jogador. É ruim para todo mundo. É ruim para o Popó e é ruim para o Cruzeiro, que tem os direitos econômicos. Um jogador promissor desse e não ganhar oportunidade. Assim que o Cruzeiro se pronunciar, a gente vê o melhor caminho”, declarou o empresário Fred Faria em sua entrevista mais recente.

Publicidade

O atacante poucas vezes entrou em campo no time profissional da raposa, no entanto, já chamou a atenção do Ceará e uma consulta foi realizada pelo clube nordestino. O destino do jogador deverá ser definido em breve e um empréstimo pode ser concretizado.

Publicidade

Copa do Brasil

O Cruzeiro foi rebaixado à segunda divisão nacional e enfrenta problemas financeiros na temporada 2020. A Copa do Brasil é a competição mais valiosa para os brasileiros na questão de premiações e a raposa prioriza o jogo contra o CRB devido ao seu atual momento.

O confronto acontecerá em jogos de ida e volta, sendo o primeiro deles no Estádio do Mineirão, e o classificado à próxima fase vai lucrar com um prêmio milionário.

E para você torcedor, o atacante Vinícius Popó merece mais oportunidades com a camisa do Cruzeiro na temporada 2020? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicidade
Next post

Felipão entra na mira de gigante da Argentina e agita o mercado da bola

Atlético bate o martelo e reforço pode custar valor milionário: ‘substituto de Di Santo’