in

Gerson foi punido pela CBF? Verdade vem a tona em rede nacional e surpreende

Divulgação Flamengo
Publicidade

O volante Gerson é um dos principais jogadores do Flamengo na atualidade. O jogador tem se destacado no meio-campo do melhor time brasileiro na atualidade. Para muitas pessoas, Gerson é o motor da equipe, responsável por fazer a transição entre defesa e ataque e de munir Bruno Henrique, Arrascaeta, Everton Ribeiro e Gabigol.

Na última sexta-feira (6), Gerson não foi convocado para a seleção brasileira principal nem para a seleção olímpica. Havia expectativa de que o jogador estivesse entre os convocados. Tite e André Jardine o excluíram e isso deixou algumas perguntas no ar.

CBF barrou Gerson na seleção brasileira?

Gerson foi sondado para defender a seleção durante o Pré-Olímpico, disputado no começo deste ano, mas disse não. Ele não havia tido férias em junho e queria descansar em janeiro. Logo após, o coordenador da CBF, Juninho Paulista, afirmou que tudo é levado em conta ao convocar a seleção, dando a entender que o fato de Gerson ter negado a convocação, poderia complicá-lo no futuro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Após a convocação da última sexta, muita gente, entre torcedores e jornalistas, viram uma punição a Gerson por ele ter rejeitado o chamado para o Pré-Olímpico. Tite convocou três jogadores do Flamengo: Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol.

Branco explica ausência de Gerson

Coordenador de base da seleções, o ex-lateral-esquerdo Branco comentou sobre a ausência de Gerson da lista de convocados em participação no programa Bem, Amigos, do SporTV. “Pra mim, não é duro responder. Questão técnica de escolha. Concordo com vocês todos que está numa fase espetacular, é um grande jogador. Era meia, recuou no Flamengo achou essa posição de 2 ou 3 homem. tá jogando muito bem, tem futuro brilhante. foi escolha técnica e tática. a gente não tá penalizando o jogador”, afirmou.

Branco disse ainda que Gerson pode ser chamado em outro momento e que não houve punição pelo que ele falou. O coordenador disse ainda que a prioridade do momento é o jogo contra a Bolívia, na estreia das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!