in

Bruno Henrique e Ronaldinho: suposto uso de documentos falsos afetam os craques

Reprodução SporTV / Instagram Ronaldinho
Publicidade

O ex-craque da seleção brasileira, do Barcelona e do Flamengo Ronaldinho vive um momento delicado. Ele foi detido no Paraguai, na noite de quarta-feira (4), por suposto uso de documento falso. Autoridades do país sul-americano foram ao hotel onde Ronaldinho e seu irmão, Assis, estavam hospedados depois de chegarem a Assunção para um evento.

Eles foram detidos por estarem com carteiras de identidade e passaportes supostamente falsos. Os dois foram prestar depoimento na manhã desta quinta-feira e terão que explicar os documentos. Os números das cédulas pertencem a duas senhoras.

Publicidade

Bruno Henrique vive expectativa sobre suposta CNH falsa

O atacante Bruno Henrique, do Flamengo, vive uma situação um pouco parecida com a de Ronaldinho. Na madrugada do último sábado, o jogador do Rubro-negro foi parado na bliz da Lei Seca e apresentou uma carteira nacional de habilitação (CNH) que não constava no sistema do Dentra-RJ.

O documento foi apreendido e passaria por perícia para saber se era falso ou não. De acordo com a revista Época, a perícia na CNH foi realizada no sábado mesmo, apesar de terem dado prazo de 10 dias. Até o momento, no entanto, não houve a divulgação do resultado da análise.

Publicidade

Explicações sobre o caso

Em relação a Ronaldinho Gaúcho, não se sabe qual seria o motivo de ele portar um passaporte supostamente falso. Como Brasil e Paraguai pertencem ao Mercosul, há livre passagem entre os países sem a necessidade deste documento. Só é necessário apresentar a cédula de identidade (RG).

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Goleiro Bruno sofre duro castigo da sociedade e toma decisão que ninguém esperava

Flamengo: jogador é convocado para a seleção e vira problema para Jorge Jesus