in

Goleiro Bruno sofre duro castigo da sociedade e toma decisão que ninguém esperava

Reprodução/Superesportes
Publicidade

O mercado da bola vem ganhando as manchetes dos principais periódicos esportivos do Brasil e algumas contratações ainda podem agitar o futebol nacional nas próximas semanas. O goleiro Bruno segue tentando retornar ao futebol e já foi consultado por algumas equipes.

Goleiro Bruno desabafa em entrevista

Acusado e condenado por ser o mandante da morte de Eliza Samúdio, o goleiro Bruno Fernandes mantém o sonho de voltar a vestir a camisa de algum clube do futebol brasileiro. Atualmente sem contrato, o jogador concedeu entrevista exclusiva ao site O TEMPO e falou sobre os protestos da sociedade contra seu retorno aos gramados.

“Minha filha Bruna, de 14 anos, me ligou chorando: ‘Ô pai, o que está acontecendo?’. Aí, eu tive que fazer uma reflexão, uma escolha, e eu disse: ‘Peraí! Se a minha vida como atleta profissional, em vez de trazer alegria, está começando a trazer tristeza para minha família, então é hora de pensar em alguma coisa para isso não acontecer”, declarou o jogador em entrevista exclusiva ao site O TEMPO.

Publicidade

Fim da carreira?

Aos 35 anos de idade, o goleiro Bruno já recebeu algumas consultas e até propostas para retornar ao futebol. O jogador, no entanto, foi alvo de inúmeros protestos da sociedade e as equipes interessadas optaram por recuar em sua contratação.

Publicidade

Diante da dificuldade imposta pela torcida, sempre contrária ao reforço em seus times, o goleiro já começa a cogitar abandonar de uma vez por todas o futebol. Bruno planeja se mudar para Cabo Frio com sua família e dar início a um negócio próprio.

E para você torcedor, o goleiro Bruno Fernandes merece uma nova oportunidade de retomada na carreira dentro do futebol? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicidade
Next post

Weverton, do Palmeiras, perde a mãe um dia depois de estreia com vitória na Libertadores

Bruno Henrique e Ronaldinho: suposto uso de documentos falsos afetam os craques