in

Flamengo e o gasto de R$ 157 milhões para conquistar o tri da Libertadores

Getty Images
Publicidade

O Flamengo inicia a caminhada por mais um título da Copa Libertadores na noite desta quarta-feira (4). Na Colômbia, o time brasileiro encara o Junior Barranquilla e chega credenciado pelo título do ano passado e pelo bom futebol que tem apresentado. O Flamengo vai em busca de um feito inédito na sua história: conquistar a Libertadores por dois anos seguidos. Este feito, aliás, é para poucos.

No Brasil, apenas Santos e São Paulo venceram torneio duas vezes seguidas. O Peixe ficou com a taça em 1962 e 1963. O Tricolor alcançou tal feito em 1992 e 1993. O time de Telê Santana teve a chance de chegar ao tri, em 1994, mas perdeu a decisão nos pênaltis.

Publicidade

Flamengo investe pesado para conquistar Libertadores

Com dinheiro para investir, o Flamengo gastou R$ 157,7 milhões com contratações. A mais cara delas foi a de Gabigol, que custou cerca de R$ 86.2 milhões aos cofres do Rubro-negro. O Fla também contratou o atacante Michael por R$ 37 milhões e o zagueiro Léo Pereira por R$ 34,5 milhões.

Os atacantes Pedro e Pedro Rocha e o volante Thiago Maia chegaram por empréstimo. O zagueiro Gustavo Henrique foi contratado sem custo porque havia encerrado o contrato com o Santos. Isso significa que dos sete reforços para a temporada, apenas três deles tiveram algum custo envolvido.

Publicidade

Rivais brasileiros gastaram menos que o Flamengo

Das equipes brasileiras que estão na Libertadores, com exceção do Corinthians, eliminado na segunda fase do torneio, o Palmeiras foi o segundo que mais gastou: R$ 56 milhões – R$ 29 milhões na contratação do atacante Rony e R$ 27 milhões na contratação de Matias Viña. O Inter gastou R$ 29 milhões ao contratar o meia Gabriel.

O São Paulo investiu R$ 24,1 milhões. Desse montante, R$ 22 milhões foram gastos na contratação do goleiro Tiago Volpi. O lateral-direito Igor Vinícius custou R$ 2,1 milhão. O Grêmio gastou R$ 3,1 milhões para assinar com o goleiro Vanderlei. O Athletico-PR gastou apenas R$ 500 mil para trazer o volante Fernando Canesin. O Santos não gastou nada. As chegadas de Madson e Raniel não tiveram custos. Somando todos os clubes, os gastos foram de R$ 112 milhões – R$ 45 milhões a menos que o Flamengo.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Felipe Melo crê em ajuda de Deus para Palmeiras conquistar a Copa Libertadores

Geromel e a última notícia que deixou os torcedores do Grêmio preocupados