in

Bruno Henrique e o que pode acontecer com ele após perícia na CNH

Divulgação Flamengo
Publicidade

O atacante Bruno Henrique está vivendo um momento conturbado. Com lesão no joelho, ele está fora de combate no Flamengo e ainda não tem data prevista para retornar ao gramado. Aos 28 anos, o atacante também vive um problema fora das quatro linhas.

Na madrugada do último sábado (29), Bruno Henrique foi parado pela blitz da Lei Seca e apresentou uma carteira nacional de habilitação (CNH) que não constava no sistema do Detran-RJ. O documento seria periciado pela Polícia Civil.

Ao ser parado, Bruno Henrique se negou a fazer o teste do bafômetro, que verifica o nível de álcool no sangue, e foi encaminhado à delegacia. Um outro condutor retirou o carro do atacante do Flamengo. Nas redes sociais, muitos torcedores fizeram piada com a situação, mas o caso é sério.

Publicidade

Perícia na CNH de Bruno Henrique é concluída

Embora a previsão de terminar a perícia no documento apresentado pelo jogador do Flamengo fosse de 10 dias, de acordo com informações da revista Época, a perícia foi finalizada no próprio sábado e o resultado já estaria no sistema. Até o momento, porém, não houve divulgação do resultado.

Publicidade

Bruno Henrique pode ser condenado caso CNH seja falsa

Se a CNH apresentada por Bruno Henrique for falsa, o jogador terá que se explicar à polícia. Algumas das perguntas que ele teria que responder é onde conseguiu o documento e porque estava utilizando. A condenação para este tipo de infração pode chegar a seis anos de detenção. Caso o documento seja verdadeiro, terá que ser verificado porque não foi encontrado no sistema do Detran-RJ.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Ricardo Goulart no Cruzeiro? Saiba quem são os jogadores no pacotão de reforços da raposa

Atlético-MG: Sampaoli faz pergunta contundente a Sette Câmara antes de assinar com o Galo