in

Libertadores: saiba quais jogos do São Paulo serão exibidos ao vivo pela Rede Globo

Arte Diogo Marcondes
Publicidade

A fase de grupos da Copa Libertadores da América começa nesta semana e os times brasileiros estão na disputa pelo título da competição mais importante do continente. Tricampeão, o São Paulo inicia sua caminhada fora de casa, contra o Binacional, na quinta-feira (5).

Serão seis jogos na fase de grupos e os torcedores querem saber quais jogos do Tricolor serão transmitidos ao vivo na TV aberta. A Globo, mais uma vez, detém os direitos de transmissão do torneio com exclusividade.

Na TV fechada, os jogos serão exibidos pelos canais Fox Sports e SporTV. O Fox Sports tem a escolha prioritária das partidas de terça e quarta-feira. A Globo exibe jogos às quartas. Os jogos de quinta são exclusivos do Facebook.

Publicidade

Globo exibe dois jogos do São Paulo ao vivo

A Globo vai exibir dois jogos do São Paulo na fase de grupos da Copa Libertadores. No dia 11 de março, a emissora exibe São Paulo x LDU, às 21h30 (horário de Brasília). A partida é válida pela segunda rodada.
Na quinta rodada, o São Paulo visita o River Plate, na Argentina.

Publicidade

O jogo pode ser decisivo para as pretensões das duas equipes dentro da competição. O jogo está marcado para 21h30 do dia 22 de abril e terá transmissão ao vivo da Rede Globo. 

São Paulo vai em busca do tetra na Libertadores

O São Paulo é tricampeão da Copa Libertadores da América. Neste ano, o sob comando de Fernando Diniz, a equipe vai em busca do quarto título continental. A caminhada não será fácil. Concorrentes de peso como Flamengo, Palmeiras e River Plate tornam a disputa pelo título ainda mais difícil. O River está no grupo do Tricolor.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Mercado da bola: Corinthians vai atrás de Nikão e ouve resposta do Athletico-PR

Atlético-MG: salário de Jorge Sampoli é de fazer inveja a treinadores brasileiros