in

Zidane castiga Rodrygo por essa razão; e as coisas não estão fáceis

UOL
Publicidade

O Real Madrid perdeu novamente para o campeonato e os ‘blancos‘ perderam a liderança da Liga espanhola. Derrota por 1 a 0 contra o Levante, um deslize que permitiu que o Barcelona assumisse a liderança da Liga, com dois pontos de vantagem, uma semana antes de Clássico no Santiago Bernabéu. O Barcelona pressionou Real Madrid com vitória de goleada sobre o Eibar, por 5 a 0, com quatro gols de Messi e um de Arthur Melo. Pressionado com essa vitória, o Real Madrid não conseguiu evitar a derrota em Valência, contra o Levante.

Momento ruim para o Real Madrid

Então, parece claro para todos que em véspera de seu momento mais decisivo da temporada, o Real Madrid está vivendo seu pior momento. O time parecia estar bem, mas na semana que visitam o Manchester City na quarta-feira para a Champions League e recebem o Barcelona no domingo, as coisas não poderiam começar pior.

Para agravar mais a situação de Zidane, o time perdeu Eden Hazard, que se lesionou novamente contra o Levante, e poderia ficar dois meses de baixa. Certo é que ele não vai jogar contra o Manchester City ou o Barcelona. Vida complicada em um Real Madrid, que parece ter afastado mesmo Rodrygo Goes das contas.

Publicidade

Nenhum vestígio de Rodrygo Goes

Rodrygo estava começando muito bem sua passagem por Madrid. Ele fez oito jogos como titular em 12 jogos em Madri. Porém, o dia 29 de janeiro mudou tudo para o craque. Depois desse dia, o Real Madrid disputou seis jogos, quatro na Liga e dois na Copa do Rei, sem nem um minuto para o brasileiro de 18 anos de idade. 

Publicidade

Tudo começou, então, na visita do Real Madrid ao Zaragoza, para a Copa. O jogador ficou no banco de reservas, mas não jogou. Então, o craque brasileiro poderia pensar, como todos, que Zidane estaria dando descanso a ele para a partida com o Atlético de Madrid. Porém, ele nem foi chamado para o dérbi.  

Depois, tudo teria se agravado, porque de acordo com o site Diario Gol, o jogador não escondeu sua insatisfação e Zidane não teria gostado de ser questionado.  O antigo craque do Santos estaria agora vivendo seu castigo e são já várias as partidas em que ele nem é chamado para  banco. 

Publicidade
Next post

Nova fornecedora de material esportivo é anunciada pelo Vasco

Flamengo e o último recado de Rodolfo Landim à Globo: ‘cada vez mais difícil’