in

Mercado da bola: presidente do Santos rasga o verbo contra o Atlético-MG

Divulgação Santos
Publicidade

Presidente do Santos, José Carlos Peres está irritado com o Atlético-MG. O clube mineiro tentou contratar o meia Yeferson Soteldo, em negócio de R$ 51 milhões que envolvia também o Huachipato, equipe que detém 50% dos direitos econômicos do jogador.

O camisa 10 Soteldo foi destaque do Santos em 2019 e teve papel fundamental no sucesso da equipe comandada pelo argentino Jorge Sampaoli. O Santos terminou o Campeonato Brasileiro na segunda posição, atrás apenas do Flamengo.

Publicidade

Após tentativa do Atlético-MG, Soteldo renovou com o Santos até dezembro de 2023 e permanecerá no time da Vila Belmiro, para a alegria da torcida alvinegra. Soteldo é um jogador muito importante dentro do clube.

Presidente do Santos reclama do Galo

José Carlos Peres criticou o Atlético-MG e classificou como assédio a tentativa de contratar Soteldo. “Existe um compromisso firmado em contrato, uma cláusula. Se surgisse alguma proposta dos outros 50%, teríamos que assumir a responsabilidade. E assumimos. E ninguém tira jogador na mão grande. Não adianta. Futebol não funciona mais assim”, desabafou o dirigente.

Publicidade

Peres disse ainda que os clubes precisam se entender e conversar e confirmou que o Galo tentou tirar Soteldo à força. Segundo o presidente, ele teria recebido contato do Atlético-MG e teria dito que o negócio era impossível de ser realizado.

Santos vai à CBF contra o Atlético-MG

José Carlos Peres disse ainda que o Santos vai à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para reclamar do Atlético-MG. O presidente do Peixe classificou o episódio como um dano desnecessário. Peres disse também que o que ocorreu mostra a desunião dos clubes. 

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Este jogador pode custar mais de R$ 6 milhões aos cofres do Santos sem entrar em campo

Mercado da bola: Richarlyson, aos 37 anos, assina contrato com time do interior de SP