in

Flamengo de luto: morte é confirmada em dia de mais uma final

G1
Publicidade

O Flamengo tem mais um dia importante. Nesta quarta-feira (19), o Rubro-negro encara o Independiente del Valle pelo jogo de ida da Recopa Sul-Americana, no Equador. A partida de volta está marcada para a próxima semana.

Em meio a mais uma final, o clube recebeu a notícia triste da morte de um torcedor ilustre. Nesta quarta, foi confirmada a morte de Roberto Vieira de Almeida, de 54 anos. Ele morava em Vitória, capital do Espírito Santo, e organizava excursões para jogos do Flamengo e de outros clubes no Rio de Janeiro.

A morte de Roberto foi confirmado por um sobrinho. O homem trabalhava há mais de 40 anos organizando excursos para jogos no Rio de Janeiro. Ele era muito conhecido na região onde morava por causa deste trabalho.

Publicidade

Roberto foi agredido em brigas de torcida

Aos 54 anos, a última excursão organizada por Roberto foi no ano passado, quando o Flamengo enfrentou o Peñarol, no Estádio do Maracanã, pela fase de grupos da Copa Libertadores da América.
Na tarde do dia 3 de abril, Roberto tentava apartar uma briga entre as torcidas na orla de Copacabana quando foi atingido por uma cadeirada na cabeça. Ele caiu desmaiado.

Publicidade

À época, a briga repercutiu bastante e vídeos da confusão foram divulgados nas redes sociais. A Polícia Militar foi acionada para separar o conflito entre os torcedores brasileiros e os uruguaios. Roberto ficou internado por dez meses e morreu na última madrugada.

Família tentou transferência de torcedor

A família de Roberto tentou fazer a transferência dele do Hospital Miguel Couto para um hospital de Vitória. Para isso, era preciso uma UTI móvel e uma UTI disponível no hospital de destino. A família reveza às visitas no Rio de Janeiro.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Palmeiras de olho em Hulk; saiba quais as chances do atacante de jogar no Verdão

Mercado da bola: Dedé, de saída do Cruzeiro, está na mira de gigantes da Série A