in

Mercado da bola: Gigante da Série A surpreende e anuncia Rodriguinho, ex-Cruzeiro

Divulgação Cruzeiro

Rodriguinho chegou ao Cruzeiro no começo do ano passado, mas, no decorrer da temporada, não conseguiu mostrar o seu potencial com a camisa celeste. O jogador não foi titular e sua permanência tornou-se difícil por questões financeiras.

O Cruzeiro foi rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro e teve que se desfazer de muitos jogadores, especialmente aqueles que tinham salário mais elevado, caso de Rodriguinho.

Em comum acordo, clube e jogador resolveram rescindir o contrato. Dessa forma, Rodriguinho ficaria livre para negociar com quem quisesse e o Cruzeiro ficaria livre do alto salário do meio-campista. A divída do clube com o meia foi negociada.

Bahia anuncia a contratação de Rodriguinho

Pelas redes sociais, como tem se tornado comum nos últimos anos, o Bahia anunciou a contratação do meia Rodriguinho. A torcida do Tricolor está comemorando a contratação nas redes sociais e espera que o jogador volte a apresentar um bom futebol na equipe.

Rodriguinho assinou contrato de dois anos com o Bahia. A equipe terá direito a 40% dos direitos econômicos do jogador. Em resumo, o negócio foi bom para todas as partes envolvidas. Fora da Copa do Brasil, o Bahia tem Estadual, Copa do Nordeste, Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro nesta temporada.

Rodriguinho preferiu o Brasil

O meia chegou a pensar em jogar fora do Brasil, mas pesou o fato de o primeiro filho ser recém-nascido. Rodriguinho optou por ficar ao lado da esposa e do bebê. Além do Bahia, o Athletico-PR também teria demonstrado interesse no jogador.

Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!

Next post

Flamengo: após título da Supercopa, Jorge Jesus visita o presidente Jair Bolsonaro

Goleiro Bruno é negado por mais uma equipe e continua sem emprego