in

Este detalhe mostra que o PSG não é nada sem Neymar

Goal
Publicidade

Um dos mais importantes nomes do futebol mundial, Neymar teve um ano muito complicado: 2019 foi marcado por problemas pessoais, lesão e até um possível namoro com o Barcelona.

Acontece que houve até quem pensasse que Neymar não fosse mais necessário para que o PSG tivesse sucesso em seus jogos, mas a sua ausência é sentida no time francês que, mesmo líder isolado, passou um sufoco sem o menino da vila no campo.

Publicidade

O PSG levou uma surra do Amiens, fora de casa. O time parisiense foi surpreendido pelo clube que abriu 3 a 0 logo no primeiro tempo. Mesmo perdendo feio, os jogadores correram para conseguir mudar a cara da partida.

Tuchel poupou Neymar e Mbappé, o que deve ter colaborado nas falhas do time: o Amiens conseguiu abrir o placar no comecinho do jogo e ampliar logo em seguida. O zagueiro brasileiro Tiago Silva teve uma atuação apagada e não voltou para o segundo tempo.

Publicidade

Sem Neymar, PSG vira o jogo, mas cede ao empate aos 48

O PSG conseguiu empatar o jogo com um gol nos acréscimos do primeiro tempo e com dois gols de Tanguy Kousassim. Quando tudo parecia perdido, Icardi conseguiu virar o jogo: 4×3 para os visitantes.

Porém, mesmo com tanto esforço, a falta das estrelas foi notada: o PSG cedeu ao empate e o jogo chegou ao fim por 4×4 com gol do Amiens aos 48 do segundo tempo. Para se ter uma ideia, esse era para ser um jogo fácil, já que o Amiens não vence há dez jogos.

Agora, a preparação é para pegar o Borussia Dortumund, em outra partida fora de casa. O jogo é válido pela Liga dos Campeões

Publicidade
Avatar

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Next post

Raí abre o jogo e expõe a verdade sobre a venda de Raí pelo São Paulo: ‘ninguém deseja’

Tiago Nunes e Duílio confirmam que Gustagol está de saída do Corinthians para o Inter