in

São Paulo: Raí fala a verdade em reunião do Conselho e Antony deve dar adeus

Divulgação: São Paulo
Publicidade

O São Paulo vive uma situação muito complicada. Por um lado, o time precisa voltar a conquistar um título. Por outro lado, não vai contratar ninguém e, na verdade, precisa vender jogadores para equilibrar as contas.

Na quinta-feira (13), o Conselho Deliberativo do São Paulo se reuniu. Raí, diretor executivo do clube, tomou a palavra e afirmou o que o São Paulo precisa fazer neste momento: vender jogadores e não contratar. O relato foi publicado pelo UOL.

De fato, o São Paulo não contratou nenhum jogador neste começo de ano. O único grande negócio foi a compra dos direitos econômicos do goleiro Tiago Volpi. Ele pertencia ao Querétaro, do Mexico, e foi contratado em um negócio de 5 milhões de dólares (R$ 22 milhões).

Publicidade

São Paulo precisa equilibrar as contas

O São Paulo tem a necessidade de fazer caixa com a venda de jogadores. O clube fechou 2019 com déficit de R$ 180 milhões. Antony deve um dos jogadores que deve sair. O Tricolor segurou no começo deste ano, apesar de grande investida do Ajax, da Holanda.

Publicidade

O clube para o qual o São Paulo vendeu David Neres, queria pagar R$ 117 milhões por Antony, mas o Tricolor, mesmo precisando de dinheiro, preferiu não vendê-lo neste momento. O clube espera que Antony se valorize ainda mais. Ele deve disputar os Jogos Olímpicos pela seleção brasileira.

São Paulo não conquista título desde 2012

O último título conquistado pelo São Paulo foi a Copa Sul-Americana de 2012. antes disso, havia conquistado o Campeonato Brasileiro de 2008. Ou seja, nas últimas 11 temporadas, o Tricolor conquistou apenas um título.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Atlético-MG: salário de Diego Tardelli é revelado e surpreende pelos valores

Flamengo: Jorge Jesus esnoba Fluminense e jogador do Tricolor rebate na lata