in

Pelé, aos 79 anos, não consegue andar direito e sofre com depressão

Veja
Publicidade

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, é o maior jogador da história do futebol mundial. Não a toa, o ex-astro do Santos e da seleção brasileira leva o apelido de Rei do Futebol.

Aos 79 anos, Pelé está bem diferente do jovem forte e vigoroso que se via em campo, destruindo adversários com uma genialidade fora do comum.

Publicidade

Ao longo da carreira, Pelé marcou mais de mil gols e conquistou títulos importantes com a camisa do Santos e da seleção brasileira. No Peixe, conquistou torneios nacionais, Libertadores duas vezes e Mundial duas vezes.

Pela seleção, Pelé conquistou três Copa do Mundo: em 1958, quando tinha 17 anos, 1962 e 1970.

Publicidade

Pelé vive recluso

Filho do Rei, o ex-goleiro Edinho concedeu entrevista ao Globo Esporte e falou sobre a situação do pai. “Ele tá bastante fragilizado em relação à mobilidade. Ele fez o transplante do quadril e não fez uma reabilitação adequada, ideal. Então, ele está com esse problema da mobilidade, que acaba acarretando uma certa depressão”, confidenciou Edinho.

Segundo Edinho, Pelé fica muito acanhado por não conseguir mais andar direito e fica constrangido de sair em público por causa de seu estado atual.

Pelé acumula polêmicas na vida pessoal

Algumas pessoas costumam separar o Edson Arantes do Pelé. Na vida pessoal, o ex-jogador acumula polêmicas. A maior delas, sem dúvida, é o fato de nunca ter reconhecido a filha, Sandra Regina.

Ela morreu em 2006, aos 42 anos, sem ser reconhecida pelo Rei do Futebol. Fatos como esse impedem Pelé de ser unanimidade no Brasil.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Corinthians é prejudicado e fica sem treinar para decisão na Libertadores

Corinthians reduz consumo de energia elétrica para ter lucro de R$ 40 mil em 2020