in

Flamengo: repórter da Fla TV é atacada em gravação e assédio vem à tona

Instagram: Julie Santos

Nos últimos anos, muito vem sendo falado sobre assédio em ambientes de futebol, como estádios e outros locais que concentram muitos torcedores.

Na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, brasileiros foram criticados ao gravarem vídeo com uma jovem russa com teor ofensivo. Ela não entendeu nada do que os torcedores do Brasil falavam.

Com a repercussão, os envolvidos pediram desculpas. O mais novo caso polêmico envolve a repórter Julie Santos, da Fla TV, canal oficial do Flamengo.

Julie desabafa sobre assédio

Julie usou as redes sociais para falar sobre o caso. “Gente, eu amo gravar com a torcida. Hoje, na hora de encerrar o vídeo dos bastidores, se aproveitaram para passar a mão em mim”, contou a repórter.

Julie estava cobrindo o jogo do Flamengo contra o Resende, válido pelo Campeonato Carioca, na última segunda-feira (3). Ela gravava uma matéria ao lado dos torcedores rubro-negros que foram ao Estádio do Maracanã.

“Eu tiro foto com todo mundo que me pede, já estou acostumada em ouvir sempre ‘Julie, você é a mulher da minha vida’, ‘você é linda’, ‘casa comigo’ e até brinco (com a situação) . Mas passar a mão em mim é uma falta de respeito”, afirmou a repórter, que pede respeito.

Caso repercutiu e Flamengo se posicionou sobre o ocorrido

Nas redes sociais, muitas pessoas demonstraram apoio a Julie Santos e repudiaram a atitude da pessoa não identificada. O Flamengo repudiou o episódio envolvendo torcedores do clube. Julie não vai parar de gravar junto aos torcedores por causa desse episódio lamentável. 

Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!

Next post

Cruzeiro: Globo quer faturar alto com Raposa na Série B do Brasileirão

Globo perde audiência sem Flamengo e proposta milionária pode selar acordo