in

Flamengo: ídolo não aceita comparação com Gabigol e rebaixa atacante

Divulgação Flamengo
Publicidade

O Flamengo de 2019 entrou para a história do Rubro-Negro. O time comandado por Jorge Jesus conquistou Copa Libertadores da América e Campeonato Brasileiro.

Além disso, já havia conquistado o Campeonato Carioca no primeiro semestre, sob o comando de Abel Braga. Os títulos fizeram com que surgissem comparações entre o Flamengo de 2019 e o Flamengo do início dos anos 1980.

A equipe que tinha Zico, Adílio, Nunes e companhia conquistou títulos importantes e ergueu taça do torneio Intercontinental, o Mundial daquela época.

Publicidade
Publicidade

Nunes rejeita comparação com Gabigol

O Flamengo dos anos 1980, que venceu o Mundial aplicando um 3 a 0 no Liverpool, no Japão, tinha Nunes como centroavante. Em 2019, a posição foi ocupada por Gabriel Barbosa, o Gabigol.

Publicidade

O jogador concedeu entrevista ao Lance! e rejeitou a comparação com o camisa 9 de 2019. Gabigol ainda negocia a permanência no Flamengo nesta temporada. Ele tem vínculo com a Inter de Milão.

Nunes se considera melhor que Gabigol

Eu sou campeão mundial, artilheiro das decisões. Primeiro e único. Nunca vai existir outro igual“, afirmou Nunes aos risos. O centroavante foi muito importante no Flamengo dos anos 1980 e listou as conquistas daquela equipe.

Não tem a mínima condição (de comparar). Não podemos fazer esse tipo de comparação. Nós ganhamos o Carioca, Brasileiro, Libertadores e Mundial. Faltou o Mundial para eles igualarem. Nós estamos à frente“, finalizou o ídolo rubro-negro.

Nas redes sociais, os torcedores estão divididos sobre os dois jogadores. Os mais velhos preferem Nunes. O mais novos estão inclinados por Gabigol.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Flamengo implode Globo por Estadual e não aceita receber menos que o Corinthians

São Paulo: torcida do Palmeiras comemora presença de Arboleda em campo no clássico