in

Messi apontado no Barcelona: ‘Que vergonha’

AFP
Publicidade

O Barcelona viveu, essa semana, a primeira grande decepção da temporada. É verdade que o time catalão não está mais encantando como em outros anos, mas eles continuaram liderando a Liga e também se apuraram para a próxima rodada da Champions League. Ou seja, mesmo sem encantar, eles vinham cumprindo durante a temporada. Porém, essa derrota contra o Atlético de Madrid significa que eles perderam o primeiro troféu da temporada, não se apurando para a final da Supercopa, esse ano realizado em outro formato e na Arábia Saudita.

Muitos estão falando que o Barcelona jogou um dos melhores jogos da temporada, especialmente até antes do gol de Álvaro Morata, de pênalti, no minuto 81. Porém, depois disso, se viu o time jogado no chão, de braços caídos, e sem saber o que fazer, lembrando o final da temporada passada. O Barcelona dominou, esteve ganhando 2 a 1 até os 80 minutos, teve chances para fechar o jogo, mas deixou sempre seu rival ‘vivo’ e, no final, acabou desistindo, permitindo essa virada do time de Simeone. 

Publicidade

Valverde continua sendo questionado

Muitos culparam Ernesto Valverde pelo resultado. O treinador espanhol está há muito tempo no centro das atenções e vem sendo sempre o principal apontado pelos desempenhos e resultados ruins do time. São muitos os que falam que Valverde é o grande culpado por Barça estar perdendo seu estilo, mais de posse e de domínio sobre seus adversários. 

Então, sempre que o time desilude, como aconteceu na Arábia Saudita, a torcida cai sobre Valverde e, por eles, faz tempo que passou a hora do treinador dar lugar a outro. O descontentamento começou com a derrota do Barcelona em Roma, por 4 a 1, caindo eliminado na Champions, em 2018. Depois, em 2019, se repetiu, mas no Anfield Road, um 4 a 0 contra o Liverpool, quando ninguém imaginava possível. Para piorar mais ainda, o time ainda perderia a Copa para o Valência, no final da temporada de 2019. E nesse início de ano, nova derrota e mais um título que não vai para o Camp Nou. 

Publicidade

Uma derrota que deixa claro que esse time tem sérios problemas. Ronaldo Koeman, atualmente treinador da seleção da Holanda, é um dos nomes mais falados para suceder a Valverde, mas nas últimas horas vem crescendo a possibilidade de Xavi Hernández regressar já no Barcelona, para assumir o lugar do atual treinador. 

Messi e companheiros defendem Valverde

Porém, parece que tem sempre quem segure Valverde no banco do Barcelona. De acordo com o site Diario Gol, os pesos pesados do vestiário vêm sempre protegendo o treinador espanhol, incluindo Lionel Messi, mas também Lus Suárez ou Gerard Piqué. Eles sempre falam ter total confiança no treinador, vetando a chegada de um outro treinador. 

Para muitas pessoas, eles defendem Valverde, porque o treinador não é exigente com eles, e não se importa que Piqué continue trabalhando em seus negócios, ou que Suárez ou Umtiti escolham as datas de suas cirurgias, para benefício de suas seleções e não do clube, que paga seus salários. 

Assim, as estrelas vêm exercendo um poder muito grande nessa decisão de manter o treinador, que para muitos causa “vergonha” e “repulsa“, e que Messi não deveria fazer isso. Resta saber quanto mais Valverde vai se segurar. 

Publicidade
Next post

Palmeiras viaja para Estados Unidos sem três jogadores; confira

Mercado da Bola: Flamengo e um reforço de 6 milhões de euros