in

Goleiro Bruno encontra muita resistência para retornar ao futebol

Divulgação Boa Esporte
Publicidade

Condenado pelo assassinato de Eliza Samudio, o goleiro Bruno tem tentando voltar ao futebol neste ano de 2020, mas tem encontrado muita resistência. Aos 35 anos, ele já chegou na idade em que muitos jogadores estão se aposentando.

Bruno foi condenado pelo assassinato de Eliza Samudio em 2013. Cumpriu alguns dos pouco mais de 20 de detenção que pegou e está livre em regime semiaberto.

Nesta temporada, o jogador tenta voltar ao futebol. O Operário de Mato Grosso quer contratar o jogador com salário de R$ 4 mil e R$ 6 mil mensais. Mas a resistência para ele voltar a jogar bola é grande.

Publicidade

O clube do Mato Grosso disputa a primeira divisão local e tem jogos transmitidos ao vivo pela afiliada da Globo no estado.

Publicidade

Bruno brilhou no Flamengo e foi condenado por assassinato

Bruno caminhava para ser um ídolo da torcida do Flamengo. Dentro das quatro linhas, ele representava a equipe muito bem e era querido pela torcida.

Fora das quatro linhas, porém, se envolveu com Eliza Samudio e foi acusado e condenado pelo assassinato da modelo. Os dois tiveram um filho.
 

Bruno é criticado
por famosos

Desde que foi preso, Bruno chegou a retornar ao futebol no Boa Esporte e no Poços de Caldas, ambos times do interior de Minas Gerais. Nas redes sociais, o goleiro é muito criticado por muitas pessoas.

Na TV também. A apresentadora Márcia Goldschmidt criticou o retorno de Bruno ao futebol em sua conta oficial no Instagram. A volta de Bruno já havia sido criticada por Jéssica Senra, jornalista do Grupo Globo.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Mercado da Bola: saiba todas as principais notícias desta sexta-feira (10)

Mercado da bola: Flamengo ganha concorrência e anuncia Michael, ex-Goiás