in

Quem sai e quem fica? Confira as últimas novidades do Cruzeiro para 2020

Reprodução/O Maior de Minas
Publicidade

Em processo de reconstrução, o Cruzeiro busca negociar com seus jogadores um novo contrato. O objetivo é a redução de sua folha salarial, que atualmente gira em torno de R$ 15 milhões mensais, para então se aproximar de valores que estejam realmente dentro de sua atual realidade.

Quem sai?

O lateral Edílson, de 33 anos de idade, foi muito criticado na última temporada e não deve permanecer em 2020. O jogador, inclusive, já tem salários acertados com o Grêmio e depende apenas de um acordo com o Cruzeiro para anunciar sua transferência.

Dedé, de 31 anos de idade, chegou ao time mineiro em 2013 e conquistou títulos importantes em Belo Horizonte. Apesar de toda sua história no clube, o jogador poderá acabar saindo pela porta dos fundos. Também criticado pelos torcedores recentemente, o zagueiro tem proposta de dois clubes da Série A.

Publicidade

Thiago Neves, de 34 anos de idade, foi visto como um dos principais responsáveis pela queda do Cruzeiro à segunda divisão do futebol brasileiro. O jogador recebe sondagens do Boca Juniors e do River Plate, ambos da Argentina, e dificilmente permanecerá na Toca da Raposa.

Publicidade

Vale lembrar que o atacante David, alvo da torcida por não marcar gols no Campeonato Brasileiro, está na mira do Fortaleza e deverá tentar uma saída amigável.

Em busca de reduzir sua folha salaria, o Cruzeiro ainda poderá se livrar de jogadores como Fred, Dodô, Egídio, Sassá, Robinho e alguns outros nomes de menor força dentro do elenco.

Quem fica?

Apesar do teto salarial de apenas R$ 150 mil reais para 2020, o Cruzeiro ainda tem a expectativa de manter alguns nomes importantes no grupo. Fábio, Henrique e Léo cogitam aceitar uma redução salarial para permanecer e ajudar o time em sua reconstrução.

Nomes mais jovens também devem permanecer e poderão ser peças fundamentais para Adílson Batista. Cacá, Ederson e Maurício são alguns dos jogadores promovidos na última temporada e que podem receber mais chances.

Publicidade
Next post

Mercado da Bola: saiba as principais novidades deste sábado (04)

Barcelona pressionado por reforço: ‘ou agora ou nunca’