in

Borja terá que bater metas na Colômbia; entenda acordo feito pelo Palmeiras

Uol
Publicidade

A situação de Borja no Palmeiras finalmente foi decidida no fim de noite do sábado. O atacante que estava em baixa no Verdão e que era um dos alvos das críticas dos torcedores será emprestado ao Junior de Barranquilla, clube colombiano, que segundo Borja, é seu time de coração.

A negociação entre brasileiros e colombianos chegou a um acordo que agradou ambas as partes. O Palmeiras queria dar um alívio a sua folha salarial, pois Borja era o jogador mais bem pago do elenco alviverde, enquanto que o jogador realizou o seu desejo de voltar a jogar em seu país. Já os dirigentes do Junior Barranquilla poderão contar com o centroavante sem pagar nada por isso durante um ano, somente terá que arcar com o salário mensal do jogador.

Publicidade

Palmeiras aceitou emprestar Borja de graça até dezembro de 2020

O acordo fechado foi o de não pagar nada agora para ter o atacante, no entanto, após o prazo estabelecido, o Junior Barranquilla será obrigado a comprar 50% dos direitos econômicos de Borja, o que equivale a US$ 4,3 milhões (R$ 17,5 milhões na conversão atual).

Mas a obrigação do Junior Barranquilla de comprar os 50% dos direitos de Borja, cerca de R$ 17 milhões, só ocorrerá se as metas estabelecidas forem alcançadas pelo jogador. As metas definidas são duas: participar de 73% dos jogos da equipe no ano ou fizer 23 gols, caso isso aconteça, Borja garantirá sua permanência na Colômbia.

Publicidade

Palmeiras economizará R$ 8 milhões com transferência de Borja

Tido como um dos investimentos mais altos da história do Palmeiras, Miguel Borja nunca correspondeu a altura do que foi investido junto ao Atlético Nacional. Após chegar com status de grande estrela, o jogador agora se tornou um grande peso financeiro para a diretoria alviverde.

Após três temporada, Borja terminou a temporada no banco de reservas, e sem grandes perspectivas com Vanderlei Luxemburgo. Com a sua saída, o Palmeiras fará uma grande economia em sua folha salarial, cerca de R$ 8 milhões somando salários e encargos do atleta pelo prazo de um ano.

Publicidade
Avatar

Escrito por Rodrigo Monteiro

Um dos primeiros redatores da plataforma I7 network, já trabalhou em outras plataformas de internet, sempre escrevendo notícias em primeira mão para quem gosta de viver bem informado. Os principais assuntos do mundo esportivo e do mundo dos famosos estão aqui, com textos leves e interessantes, Rodrigo Monteiro faz parte do grupo de colunistas do Radar Esportes, TV Prime e 1News três sites de notícias mais populares da internet.

Next post

Bellator 237: Fedor Emilianenko nocauteia Quinton ‘Rampage’ Jackson no 1º round; assista

Astro brasileiro pode abandonar Guardiola para jogar com Coutinho: ‘vai embora em janeiro’